Login:             Não possui cadastro? Clique aqui
Home | Apresentação | Quem sou | Meu trabalho | Livros | Crônicas & Poesias
Auto-cura | Cadastre-se | Atividades e Palestras | Imprensa | Contato | Links
English Version

Assine minha e-news e descubra, sem nenhum custo, como atrair a prosperidade que sonha.
clique para comprar
clique para comprar
Siga-nos no Facebook!Siga-nos no Twitter!
< Voltar à listagem dos posts
01/05/2011 21:53:50
Mães e Mulheres
Tag: Texto


Escrever sobre o Dia das Mães não é uma tarefa fácil. Afinal, muitos escritores, músicos e poetas já exploraram o tema com grande beleza e verdade. Falaram da nobreza dos sentimentos maternos, do amor incondicional e afirmaram que: “Mãe não tem limite, é tempo sem hora, veludo escondido na pela enrugada”. Sim, tudo isso é verdade... E muito mais...

São as horas da madrugada em claro com o bebê que não dorme, com o jovem que não retorna da balada até o alvorecer, e com o adulto que estende a noitada até o café-da-manhã do dia seguinte. São as lágrimas de tristeza e preocupação com o adolescente intransigente, mas é peito inchado e orgulhoso no dia da formatura. É tristeza devastadora no dia em que o filho parte em busca de um capricho e alegria sublime quando, tempos depois, ele retorna sorridente e com saudades! É felicidade pela conquista do primeiro emprego e ombro amigo a consolar as desilusões com os relacionamentos. É querer participar e errar sem jamais ter tido a chance de aprender. Pois não há escolas, mas sim o envelhecer. Ah, se soubéssemos ontem o que sabemos hoje!

São muitas as figuras maternas que se tornaram públicas e acabaram eternizando os louváveis conceitos do que é ser mãe. De Maria, mãe de Jesus, à saudosa Princesa Diana e à incrível figura humanitária de Madre Teresa de Calcutá, amada e chamada de mãe pelos pequenos das favelas de Calcutá, devido à extraordinária habilidade de comunicação que tinha com as crianças, podemos dizer, sem medo de errar, que por trás de todas essas mulheres fortes e carismáticas existiram outras mulheres, igualmente mães ou simplesmente mulheres, amigas e solidárias.

Mães estão sempre prontas a encorajar os filhos. Não faltam idéias ou argumentos capazes de incentivar a criança, o adolescente ou o adulto, mas vale lembrar que mães também precisam de apoio. Sozinhas, muitas vezes procuram no silêncio a solução para o que ficou no passado e já não pode ser mudado. Ah, se soubéssemos ontem o que sabemos hoje!

Que no dia oito de maio de 2011 todos nós possamos olhar para as mulheres mães ou simplesmente amigas e oferecer a elas não somente um abraço apertado e um beijo carinhoso, mas uma palavra de apoio e agradecimento. Pois também elas, as super-heroínas, precisam de suporte. Que elas possam ser vistas, compreendidas e reverenciadas como seres humanos comuns e incompletos, por vezes, incoerentes e temperamentais, mas possuidoras de um sonho único e extraordinário: o desejo de acertar na criação dos filhos para que eles conquistem a felicidade máxima.

Com carinho, dedico a minha poesia às mulheres mães e amigas. Mas antes, se você estiver pensando em presentear a sua mamãe, que tal um livro ou Audio-livro? Para adquirir basta ir ao site www.rosannemartins.com.br e clicar no item desejado. Ah, você ainda poderá imprimir a poesia abaixo e completar seu presente. FELIZ DIA DAS MÃES!

Menina em Flor

Do aconchego e calor,
Embalada pelo amor,
Nasceu menina em flor!

Fruto puro e criador,
De laços fortes de amor,
Declarados ao escultor!

Cresceu menina e agora adolescente,
A palavra é certeira, quase irreverente.
O coração não fere, ele é o sonhador
Incondicional, da menina em flor!

A sensualidade é parte da idade.
Tempos de festa e muita vaidade!
Acreditou ser mulher, pura ilusão.
Inocente, entregou seu coração!

De véu e grinalda subiu ao altar.
É dia de festa, vamos comemorar.
Valsa dos noivos, hora de aplaudir.
Noite avançada, melhor se despedir.

Notícia surpresa é o pombo correio!
O que ele trouxe, quem veio?
Não sei, mas é promessa de amor...
De quem? Uma menina em flor!

Por Rosanne Martins
08/05/2011

Feliz dia das mães!






Video Graphos Home | Apresentação | Quem sou | Meu trabalho | Livros | Crônicas & Poesias
Auto-cura | Cadastre-se | Atividades e Palestras | Imprensa | Contato | Links

English version
© 2018 Rosanne Martins - Direitos Reservados